Geysers del Tatio, Deserto do Atacama

December 19, 2017

Para apreciar este lindo espetáculo da natureza, as agências de turismo costumam pegar as pessoas nas suas acomodações por volta das 04h30min da manhã, chegando ao local 1 hora depois. Os Gêiseres estão a 4.320 metros acima do nível o mar, este passeio acontece bem cedo, pois é nesse horário em que os jatos de vapor são mais intensos e podem chegar até 10 metros de altura com temperaturas de 85°C.

 

Como fui na época de inverno, estava fazendo MUITO FRIO no passeio. As temperaturas chegavam a -11°C com sensação térmica de -15°C. Desse modo, não esqueçam de reservar para este dia as roupas mais quentes que vocês tiverem na mala.

 

Eu estava com uma boa meia de lã e mais uma meia, bota própria para caminhada, ceroula, um casaquinho, uma blusa de gola, um bom casaco para o frio, luva própria para neve, cachecol e gorro. E eu nem costumo sentir tanto frio assim, mas mesmo assim estava muito frio antes do nascer do sol. 

 

Seguimos o caminho e a próxima parada foi no Vilarejo de Machuca, um pequeno povoado com cerca de 20 casas. Possui uma igreja, lojinha de artesanato e um banheiro pago. 

 

O seu diferencial é que eles vendem espetinhos de carne de lhama, mas é importante chegar cedo neste passeio, pois a quantidade de espetinhos é limitada e quando as últimas agências chegam, às vezes já não tem mais. A carne de lhama é bem macia e gostosa. 

 

O passeio ao Vilarejo de Machuca foi bem rapidinho e no caminho de volta a San Pedro de Atacama paramos em um Vale para apreciar a vista. Além disso, pedimos para o nosso guia para a gente subir em cima do caminhão para tirarmos algumas fotos! O passeio terminou às 13 horas e depois a agência nos deixou no centro da cidade.  

 

Informações:

 

  • Tempo de duração: 04:30 às 13:00

  • Agência de turismo: Grado 10

  • Época do passeio: Agosto/17

  • Valor do passeio: $22.000 + $10.000 pesos chilenos por pessoa para entrar nos Gêiseres (esse valor foi fechado ainda no Brasil, com desconto por fechar outros passeios com a mesma agência).

  • O que levar: óculos de sol, água, chapéu, protetor labial, protetor solar, gorro, luvas, cachecol, corta frio, casaco, sapato próprio para caminhada.

  • Dicas: Se sentir problemas com a altitude, não se esqueça de comprar no Centro folhas ou balas de coca.

 

>> Se você quiser ver todos os posts sobre o Deserto do Atacama, clique aqui.

 

Facebook
Twitter
Curtir
Please reload

Informações básicas sobre Mendoza

O que fazer no Centro de Buenos Aires?

Porque visitar a Região de Palermo?

1/1
Please reload

POSTS Relacionados

© Copyright 2017, All Rights Reserved to Juntando as Malas.