Conheça a região da Recoleta!

October 19, 2018

A região da Recoleta é um ótimo bairro residencial com vários restaurantes, edificações históricas e com passeios agradáveis para fazer ao ar livre. O bairro é uma excelente escolha para quem quer conhecer a cidade e dispõe de diversos meios de hospedagens para vários públicos e bolsos, uma das opções mais famosas e caras é o Hotel Alvear. Já tive duas experiências pela cidade e com isso, contarei um pouco sobre os principais pontos turísticos da região. Os valores são referentes ao ano de 2018.

 

  • Monumento Floralis Generica

 

Foi inaugurado em 2002, na Plaza de las Naciones Unidas. Possui o formato de uma flor que acompanha o movimento do sol e se tornou um ponto turístico da cidade. A estrutura metálica chama a atenção dos visitantes, devido a sua imponente altura de 23 metros, estando localizada acima de um espelho de água que protege o monumento.  Este é um passeio que vale a pena para observar de perto a estrutura metálica que é bem interessante, mas é super rápido. 

 

 

 

  • Museu Nacional de Belas Artes

 

Foi inaugurado em 1895, e atualmente é um dos museus de arte mais importantes da América Latina. Possui mais de 12.000 peças em sua coleção, que permeiam diferentes séculos, como a arte europeia e a argentina do século XIX, a arte do século XX (mais focada na argentina e na latino-americana), a arte argentina de 1960 a 1980, entre outros temas.  Lá podem ser vistas obras de diversos artistas renomados internacionalmente, como é o caso do Rembrandt, Manet, Van Gogh, Kandinsky, Picasso, entre muitos outros. 

 

Endereço: Av. Libertador 1473 (metrô San Martín).

 

Valor: Gratuito.

 

Horário de Funcionamento: de terça à sexta-feira, das 11:00 às 20:00 horas. Sábados e domingos, das 10:00 às 20:00 horas. Fechado às segundas-feiras. 

 

 

>> Se você quiser maiores informações sobre o Museu Nacional de Belas Artes, clique aqui.

 

 

  • Cemitério da Recoleta 

 

Foi inaugurado em 1822 e chama a atenção dos visitantes por sua construção no estilo neo-clássico.  Este é o cemitério mais conhecido de Buenos Aires e atrai os turistas por possuir túmulos diferenciados e de celebridades argentinas renomadas, como é o caso de Eva Perón. 

 

 

Visitar cemitérios não é um passeio que me atrai, mas como está localizado próximo a outros pontos turísticos, é possível entrar rapidamente para dar uma olhada. Se for do seu interesse, existem opções de visitas guiadas pagas no local. 

 

Endereço: Junín 1760.

 

Valor: Gratuito.

 

Horário de Funcionamento: todos os dias das 08:00 às 18:00 horas. A entrada no cemitério, porém só pode ser feita até às 17:30. 

 

 

 

Facebook
Twitter
Curtir
Please reload

Informações básicas sobre Mendoza

O que fazer no Centro de Buenos Aires?

Porque visitar a Região de Palermo?

1/1
Please reload

POSTS Relacionados

© Copyright 2017, All Rights Reserved to Juntando as Malas.