O que fazer no Centro de Buenos Aires?

Na primeira vez que fui a Buenos Aires, me hospedei no Centro da cidade. Escolhi esta opção, devido aos preços mais acessíveis dos hotéis. Além disso, outra vantagem é que neste bairro estão localizados muitos dos principais pontos turísticos. No entanto, a região é mais comercial e pouco residencial, fazendo com que o bairro seja um pouco esquisito para sair à noite e andar pelas ruas, além de ter aparência de sujo.

Se você estiver querendo economizar dinheiro com hospedagem e transportes, esta pode ser uma boa opção. Porém, se você quiser aproveitar melhor a noite na cidade e ficar em um ambiente mais agradável, vale mais a pena investir em outros bairros, como Palermo e Recoleta. Com isso, contarei um pouco da minha experiência. Os valores descritos são referentes ao ano de 2018.

  • Casa Rosada

O local é a sede da Presidência da República Argentina, em Buenos Aires e foi declarada Patrimônio Histórico Nacional.​ O arquiteto responsável pela sua construção foi o Francesco Tamburini, também responsável por projetar o Teatro Colón.

Quando fui visitar o local na minha última viagem, estava acontecendo uma enorme manifestação na praça em frente a Casa Rosada e com isso não foi possível chegar muito perto, pois no seu entorno tinham muitas grades proibindo a passagem dos pedestres. Além de muitos policiais reforçando a segurança do local e muitas famílias acampando por lá.

Endereço: Balcarce 50, Plaza de Mayo (metrô: Plaza de Mayo).

Horário de Funcionamento: As visitas internas acontecem nos finais de semana e feriados, das 10:00 às 18:00 horas.

Valor: Entrada gratuita, porém, para realizar a visita interna será necessário fazer um agendamento com antecedência de pelo menos 15 dias no site e aguardar a confirmação, a visita dura aproximadamente 1 hora.

>> Se você quiser fazer o agendamento para a vista interna, clique aqui.

  • Catedral Metropolitana

Localizada na Plaza de Mayo, a Catedral Metropolitana é a igreja católica mais importante do país. O local foi declarado Patrimônio Histórico Nacional e chama a atenção dos visitantes por sua arquitetura imponente no estilo neoclássico. O interior da igreja é muito bonito e vale a pena a visita.

Endereço: Avenida Rivadavia e rua San Martin, Plaza de Mayo (metrô Plaza de Mayo).

Valor: Entrada gratuita.

  • Café Tortoni

Conhecido por ser a cafeteria mais antiga da cidade, foi fundado em 1858. O local atrai tanto turistas como moradores locais que desejam voltar no tempo e apreciar a linda arquitetura desfrutando de um lanchinho no final da tarde. Entre as pedidas clássicas, estão o chocolate quente e a porção de mini churros, que pode ser pedido com doce de leite.

Achei que a porção de mini churros com doce de leite ficou bastante doce e o churros era um pouco diferente do que estamos acostumados, era bem duro, e não pediria novamente. O chocolate quente estava uma delícia e pedimos também uma torta de maça que estava muito gostosa!

Se você deseja fazer algo diferente à noite, pode perguntar para a recepcionista ou para o garçom, se ainda existem ingressos para os espetáculos de tango que acontecem no subsolo do local. Este é um passeio muito agradável e que vale muito a pena!

Endereço: Av. de Mayo, 825 (metrô Piedras).

Horário de Funcionamento: De segunda a domingo, das 8.00 às 03.00 horas.

>> Se você quiser saber maiores informações sobre o Café Tortoni, clique aqui.

  • Galerias Pacífico

Conhecido por ser o mais famoso shopping de Buenos Aires, atrai tanto turistas como moradores locais. Por já ter abrigado uma galeria de arte, o local possui uma arquitetura diferenciada e muito atraente, sendo uma ótimo local para relaxar e fazer umas comprinhas. Atualmente, o local possui diversas obras de arte espalhadas por lá, remetendo aos visitantes uma mistura entre o estilo antigo e o moderno.

O prédio foi inaugurado no ano de 1894, porém a obra só foi totalmente finalizada anos depois. Sua fachada imponente chama a atenção, tanto quanto o seu interior cheio de colunas e as lindas pinturas realizadas no teto da construção. Em 1989, a construção foi declarada Monumento Histórico Nacional. Posteriormente, no início de 1990, o prédio passou por uma revitalização, sendo reinaugurado em 1992.

Endereço: Av. Córdoba, 550.

Horário de Funcionamento: De segunda a sábado, das 10:00 às 21:00. Domingo, das 12:00 às 21:00. A praça de alimentação funciona até às 22:00.

  • Obelisco

Conhecido por ser um monumento histórico, foi inaugurado em 1936 na Praça da República em comemoração aos 400 anos da cidade de Buenos Aires. Sua altura de quase 70 metros impressiona os visitantes e pode ser visto de alguns pontos do centro da cidade. O monumento foi instalado neste local, pois foi ali que a bandeira Argentina foi hasteada pela primeira vez. Apesar da interessante história, a visita ao monumento é bem sem graça e não recomendo.

Endereço: Localizado no cruzamento da Avenida 9 de Julio e da Calle Corrientes.

  • Teatro Colón

O teatro funcionou durante o período de 1857 a 1888. Posteriormente, foi fechado para a realização de reformas que tinham como objetivo principal a construção de um novo corredor. Após alguns anos, a obra terminou e o teatro foi inaugurado em 1908.

Com o passar dos anos, o teatro foi conseguindo se estruturar e se consolidar como um espaço cultural da cidade. A partir de 1925, o teatro já dispunha de sua própria equipe de orquestra, balé e coro. Já na década de 1930, conseguiu suas próprias oficinas de produção e com isso fez com que suas temporadas fossem financiadas pela cidade.

Este é um passeio que vale muito a pena, pois faz com que você volte no tempo e consiga imaginar todos os eventos que aconteciam por lá. O local possui uma beleza indescritível e muito rica nos detalhes da sua construção.

Endereço: Cerrito 628 (metrô linha B: estação Carlos Pellegrini, linha C: Estação Diagonal Norte e linha D: Estação Tribunales).

Valor: 300,00 pesos argentinos.

Horário de Funcionamento: Há visitas guiadas todos os dias, inclusive feriados, das 09:00 às 17:00 horas. Os grupos saem a cada 15 minutos (há saídas em português). A visita dura aproximadamente 50 minutos.

>> Se você quiser maiores informações sobre o Teatro Colón, clique aqui.

  • El Ateneo Gran Splendid

Se você gosta de livros, está na cidade certa. Buenos Aires possui uma enorme quantidade de livrarias e a Livraria El Ateneo Gran Splendid está sempre entre as Top 10 livrarias mais bonitas do mundo, de acordo com rankings internacionais.

A livraria El Ateneo, como é conhecida, se tornou um ponto turístico da cidade devido a sua beleza indescritível. Sua arquitetura diferenciada chama a atenção, já que antigamente o espaço era utilizado como um teatro que foi construído por Max Glucksman e em 1919, foi aberto ao público pela primeira vez com a capacidade de cerca de 1.000 pessoas.

O local possui uma cafeteria com várias cadeiras para que você possa se sentar e relaxar enquanto lê um bom livro e aprecia a decoração minuciosa do local. Este é um passeio que vale muito a pena!

Endereço: Av. Santa Fe, 1860.

POSTS Relacionados

© Copyright 2017, All Rights Reserved to Juntando as Malas.